Notícias

Thierry Henrique Petreça: da Escolinha Mafra Ferromax/DME para as quadras de Santa Catarina

10 de Abril de 2018 - Categorias de Base - Neste ano, Thierry foi convidado pelo Colégio Evangélico, de Jaraguá do Sul, a estudar e jogar pela instituição
Thierry Henrique Petreça: da Escolinha Mafra Ferromax/DME para as quadras de Santa Catarina

Fotos: Arquivo/Atleta

Apenas 13 anos, sendo oito deles dedicados ao futsal. Na estante, vários troféus e medalhas - entre eles, Copa Kids em São Francisco e Joinville, Copa Gazeta de São Bento do Sul, Copa Norte -, os primeiros de uma ‘coleção’ que promete ser grande, afinal, se depender da sua vontade, dedicação e talento, Thierry Henrique Petreça é mais um mafrense a despontar no cenário esportivo.

Filho de Luiz Eduardo Petreça (Luizinho), referência nas quadras por quase duas décadas, Thierry traz no DNA a afinidade com a bola. E claro, os ensinamentos passados pelo pai, que atuou inclusive fora do país, onde defendeu as cores do Arbat e Norilsky Nickel, na Rússia. Na torcida, a mãe Renata, que apesar da saudade, sempre deu o maior apoio na carreira do atleta.

Thierry começou a treinar com apenas cinco anos, em 2009, mesmo ano em que seu pai iniciou o projeto da Escolinha Luizinho Futsal. Dois anos depois, já na categoria sub-07, o pequeno atleta foi campeão da Copa Gazeta de São Bento do Sul. Além do título da equipe, foi premiado como o melhor jogador do campeonato, sendo autor de dois gols na final.
Desde então, Thierry não parou mais de treinar. Até 2013, pela Escolinha Luizinho Futsal e, a partir daí, na recém-criada Escolinha Mafra Ferromax/DME.

Ao longo dos últimos anos, o jovem recebeu diversos convites para atuar por equipes de outras cidades. Em 2011, defendeu as cores do Grêmio Vila Nova, de Rio Negrinho. No ano 2013, jogou o Campeonato Estadual pelo Barão de Blumenau. Pelo Colégio Evangélico, de Jaraguá do Sul, disputou o Campeonato Estadual de 2015 e, no último ano, reforçou o Clube Caça e Tiro de Lages, também no Campeonato Estadual.

Neste ano, sua rotina mudou e ganhou ares ainda mais profissionais. Thierry foi convidado pelo Colégio Evangélico, de Jaraguá do Sul, a estudar e jogar pela instituição. De mudança na cidade de Jaraguá, o atleta concilia o estudo com os treinos diários. Entre os compromissos do Colégio Evangélico para esta temporada estão a Copa Gazeta de São Bento do Sul, o Campeonato Estadual Sub-15 e os Jogos Escolares Sub-14, além de outros compromissos locais e regionais.

Luiz Eduardo Petreça (Luizinho), seu pai, técnico e coordenador das categorias de base do projeto Mafra Ferromax se sente duplamente feliz: “É claro que é um orgulho imenso como pai, ver um filho com tão pouca idade já se destacando e tendo seu talento reconhecido, lutando pelo seu espaço como eu fiz, lá atrás. E, como coordenador da escolinha, junto com os demais profissionais que nela atuam, o sentimento é de gratidão por ver um aluno nosso ser reconhecido lá fora. Isso serve de incentivo para os professores e demais alunos, que o trabalho dá resultado, basta acreditar e se dedicar”, concluiu.

Texto: Robson Komochena/Diretor de comunicação
 

Mais Notícias

    Aguarde, buscando...