Notícias

UFSM conhece seu adversßrio nas quartas-de-final da SÚrie Ouro

12 de Setembro de 2019 - SÚrie Ouro

A UFSM já conhece seu adversário na próxima fase da Série Ouro, as quartas-de-final. Será o Paulista/UFPel, que empatou duas vezes com o Fontoura Xavier e conseguiu sua classificação na prorrogação, em jogo bastante movimentado no último sábado (7). As duas equipes se enfrentarão no dia 21 de setembro em Pelotas e no dia 28 de setembro em Santa Maria. Quem se classificar, estará entre os quatro melhores times do campeonato e ficará a um passo da Final da Série Ouro.

O elenco da UFSM fez uma campanha histórica na 1ª Fase, superando todas as campanhas anteriores da equipe na disputa de campeonatos estaduais. Agora, o pensamento de todos se concentra no mata-mata, com a possibilidade de colocar a equipe na semifinal do Estadual, para continuar sonhando e fazendo história.

CAMPANHAS

A UFSM terminou a 1ª Fase da segunda colocação da Chave A e, consequentemente, garantiu classificação direta para as quartas-de-final, a 3ª Fase do certame. Após terminar o primeiro turno na liderança do grupo, com apenas uma derrota, a equipe diminuiu o ritmo na segunda parte da 1ª Fase, mas não viu a segunda colocação ficar ameaçada. Ao final desta fase, a Federal ficou com a quarta melhor campanha geral (atrás de Assoeva, SER Alvorada e BGF). A equipe chega às quartas-de-final com duas partidas de invencibilidade (dois empates), mas não vence a três partidas (a última vitória aconteceu na 15ª rodada, em Santa Maria, contra o São José). A UFSM mostra grande poder jogando em seus domínios, onde só não venceu duas partidas (derrota para a Assoeva e empate na última rodada contra a ASSAF).

Já o Paulista encerrou a primeira fase com a quinta melhor campanha (3ª colocação da Chave A), só ficando atrás das quatro equipes que garantiram passagem direta para as quartas-de-final. A equipe pelotense terminou o 2º turno invicta e está a 10 jogos sem perder, contando os dois empates nas oitavas-de-final. O time tem campanhas parecidas em casa e fora de casa em termos de aproveitamento, embora em Pelotas só tenha perdido uma partida (para o União Independente). No entanto, a equipe venceu mais vezes como visitante (5 contra 4).

UFSM
1º turno: 8J - 7V - 0E - 1D - 28 gp - 19 gc - saldo 9 - Aprov. 87,5%
2º turno: 8J - 3V - 3E - 2D - 25 gp - 22 gc - saldo 3 - Aprov. 50%
Total: 16J - 10V - 3E - 3D - 53 gp - 41 gc - saldo 12 - Aprov. 68,75%
Em casa: 8J - 6V - 1E - 1D - Aprov. 79,16%
Fora: 8J - 4V - 2E - 2D - Aprov. 58,33%

PAULISTA
1ª turno: 8J - 4V - 1E - 3D - 24 gp - 28 gc - saldo -4 - Aprov. 54,16%
2º turno: 8J - 5V - 3E - 0D - 33 gp - 18 gc - saldo 15 - Aprov. 75%
Oitavas-de-final: 2J - 0V - 2E - 0D (1 vitória na prorrogação) - 10 gp - 9 gc - saldo 1 - Aprov. 33,33%
Total: 18J - 9V - 6E - 3D - 67 gp - 55 gc - saldo 12 - Aprov. 61,11%
Em casa: 9J - 4V - 4E - 1D - Aprov. 59,25%
Fora: 9V - 5V - 2E - 2D - Aprov. 62,96%

CONFRONTO DIRETO

Na 1ª Fase, a UFSM enfrentou o Paulista duas vezes e em ambas o time mandante saiu vencedor. Em Santa Maria, melhor para a UFSM, que venceu por 5x3, com gols de Farias (2), Guinho (2) e Silvan. Na segunda partida, o time pelotense saiu vitorioso, com o placar de 3x1. Scalcon marcou o gol do time de Santa Maria.

DESTAQUES

A campanha histórica da UFSM na 1ª Fase da Série Ouro se deve ao desempenho coletivo. A equipe sofreu um baixo número de gols em boa parte das partidas até a metade do certame e terminou a fase inicial com 41 gols sofridos (quarta melhor defesa do campeonato). Embora a consistência defensiva seja reflexo do conjunto, os goleiros Rafael Vermelho e Carlson tiveram várias atuações destacadas. Já o ataque da Federal é apenas o 11º entre as 18 equipes que iniciaram o campeonato. Mesmo assim, a equipe tem um atleta brigando pela artilharia da Série Ouro, o ala Léo Rudek, que marcou 17 gols até aqui. Também se destacaram na 1º Fase os fixos Farias e Guinho e os alas Tito e Bernardo.

Pelo time de Pelotas, o principal destaque é o fixo Bielemann, que teve grandes atuações na Série Ouro, inclusive na partida da classificação nas quartas-de-final, quando marcou três gols contra Fontoura Xavier. Ele é o artilheiro da equipe ao lado de outra referência da equipe, o pivô William Quevedo, ambos com 13 gols. O goleiro Nikão também vem sendo elogiado pelas boas atuações, como nas vitórias sobre a Assoeva e sobre a própria UFSM, próxima adversária da equipe. Em números, o time foi a 6ª melhor defesa (46 gols sofridos) e o 10º melhor ataque (57 gols marcados) na primeira fase do campeonato.

Artilheiros da UFSM:
Léo Rudek - 17
Tito - 7 
Farias - 7
Guinho - 6
Bernardo - 4

Artilheiros do Paulista:
Bielemann - 13
William Quevedo - 13
Rangel - 11
Bochinha - 6

Assessoria de imprensa
Responsável: Saul Elias Pranke - (55) 98155-0423

Estagiários: Thaís Immig, Gabrielle Pillon (Jornalismo), e Leonardo Santiago (Relações Públicas) 

E-mail: ufsmfutsal@gmail.com
www.facebook.com/ufsmfutsal
Instagram: @futsalufsm

Mais Notícias

    Aguarde, buscando...