Artigos / Marcio Bariviera

É nóisss

26 de Novembro de 2018
É nóisss

Foto: Renato Padilha

Mostre que é capaz, vai e faz, vence a luta. Mostra quem você é, que veio pra ficar, que sabe o
que quer, que quer o seu lugar. Guerreiro que é guerreiro vai pra guerra e não sai, nunca perde a
fé, se levanta quando cai.

O parágrafo acima é parte da letra da música Agora é pra valer!, do Tihuana, e reflete bem sobre
tudo o que aconteceu com Afucs e Guarani na Série Bronze. Ambos fizeram a lógica da
regularidade prevalecer durante toda a competição, conquistaram seus acessos à Série Prata e
vão decidir o caneco. Justo e merecido. Sem por e nem tirar. Simples assim.

E aqui é preciso valorizar desde diretorias, comissões técnicas e jogadores, passando por
pessoas físicas e jurídicas que de uma forma ou de outra fizeram um pouco de cada. É assim: de
tijolo em tijolo se constroem grandes estruturas.

Os dois clubes já mereceriam os parabéns mesmo com possíveis reveses no último sábado, até
por que recém em seus debutes já estavam nas chamadas cabeças. Planejamentos sérios,
objetivos bem claros do que se queria, além de que o apoio de cada comunidade local também
foi decisivo. Aliás, comunidade regional, pois constantemente se via pessoas de várias cidades
vizinhas prestigiando nos dois ginásios. Uma região que sempre foi apaixonada pelo futsal, fato
que a história nos mostrou desde os tempos de Cruzeiro, Itapagé e Ipiranga.

Quando um trabalho é feito com dedicação, comprometimento e brilho nos olhos, ele até pode
demorar para dar resultados, mas dá. O que, aliás, nem foram os casos de Afucs e Guarani, os
quais logo no primeiro ano de disputa já faturaram seus acessos. Sensacional.
Enfim, eram 26 participantes para duas vagas e as duas vagas ficaram por aqui. Como cita a
letra acima, os dois mostraram que eram capazes, foram, fizeram a venceram a luta. Um
momento histórico para o futsal de nossa região. É nóisss!

JOGO RÁPIDO

? Afucs e Guarani estrearam na Bronze em Seberi, fazendo um clássico regional logo na
primeira rodada. Quis o destino que será lá, no mesmo local, que ambos irão se despedir da
competição e partirão para a Prata.

? Os técnicos Marquinhos Nascimento (Afucs) e Jeferson Bogoni (Guarani) já haviam se
destacado no Cometa em 2017, Marquinhos chegando muito perto do acesso com a rapaziada e
Bogoni por pouco não conquistando o Estadual feminino.

? O quase de cada técnico mostrou que a linha de trabalho estava correta. Ambos executaram os
mesmos padrões nesta temporada e os resultados vieram. Poucos sabem as dificuldades de
administrar dentro e fora de quadra e ambos fizeram isso com maestria. Parabéns, comandantes!

? Agora é final e, bem em cima do muro mesmo, independente de onde o caneco ficar, estará de
bom tamanho. Parabéns, gurizada! Estamos muito orgulhosos pelo feito de vocês!

Marcio Bariviera

Colunista do jornal O Alto Uruguai e gerente administrativo do União Frederiquense, ambos de Frederico Westphalen-RS, além de aficionado por futsal. 

Mais Artigos

    Aguarde, buscando...