Artigos / Marcio Bariviera

Coleção de canetas

29 de Outubro de 2018

Meu compadre faz coleção de canetas. Tem trocentas lá na casa dele. E é uma coleção bem organizada, com armário de vidro e tudo. É bonito de ver as canetas todas arrumadinhas, em pé, fixadas. Coisa de luxo.

Estava lá, dias atrás, tomando um chimarrão, quando dei uma olhada na coleção e percebi algo que chamou a minha atenção: ele não tem caneta comum. Sabe a Bic? Não tem. Só canetas de empresas, de bancos, de entidades, tem uma que recebeu de presente vinda de Londres, mas as chamadas canetas comuns não entram para a turma.

Ele estava me explicando que o armário não ficou 100% como ele queria, já que nos cantos tem um detalhe de madeira que ofusca as canetas que estão posicionadas ali. E então ele deixou naqueles espaços as canetas que talvez sejam consideradas menos importantes. Enfim, coisa linda a coleção dele, onde canetas comuns não entram.

No último domingo tivemos a despedida de Falcão da Seleção Brasileira de futsal. Foram 258 jogos com a amarelinha, 401 gols marcados, 29 títulos conquistados e maior artilheiro das Copas do Mundo. Não é qualquer coisa, convenhamos.

Uma pena que acabou. Falcão ainda vai jogar por mais um tempinho, mas, pela Seleção, seu ciclo encerrou domingo passado. Aliás, um ciclo que deixou um legado altamente positivo.

Às vezes a gente via lances e gols do Falcão e ficava com a impressão de que aquilo era montagem. Incrível e inacreditável eram palavras constantes por narradores, comentaristas e repórteres quando transmitiam jogos do Falcão. E a gente, assistindo, repetia as mesmas palavras.

Nada que Falcão fazia era comum. Desde bola na rede a dribles desconcertantes. Como canetas, por exemplo. Nem mesmo as canetas do Falcão eram comuns. Pelo contrário, eram extremamente diferenciadas. Como as canetas do meu compadre, que de comuns não têm nada.

Valeu, Falcão!

Marcio Bariviera

Colunista do jornal O Alto Uruguai e gerente administrativo do União Frederiquense, ambos de Frederico Westphalen-RS, além de aficionado por futsal. 

Mais Artigos

    Aguarde, buscando...