Artigos / Genaro Caetano

Habemus TV!

13 de Julho de 2018
Habemus TV!

Em 2012, tivemos jogos da Série Ouro sendo transmitidos pela Record, mas a iniciativa não durou até o final da temporada

A notícia chegou para reascender a esperança de um diferencial nos jogos do Campeonato Gaúcho. Federação e PW Produtora firmaram acordo e a partir do dia 21 de julho deve se iniciar uma nova fase de televisionamento dos jogos do Gauchão, com a transmissão de AMF x Passo Fundo.

Isso me fez lembrar do ano de 2012, onde presenciamos o desenvolvimento da parceria da Federação Gaúcha com a TV Record, o que resultou na transmissão de jogos do Estadual Série Ouro (hoje Liga Gaúcha) aos domingos. Na época, acompanhando a AGSL de São Luiz Gonzaga, conferi a estrutura montada para as transmissões em duas oportunidades: em São Luiz Gonzaga, com um AGSL 5x1 América, e em Santa Cruz do Sul, com ASSAF 1x1 AGSL (o pessoal de São Luiz até que soube aproveitar o momento!).

Valeu a experiência. Com apenas um jogo por rodada, tudo fluía bem. Até que, após algumas transmissões, ocorreu o rompimento de contrato. Segundo soubemos na época, a ordem partiu da direção geral da Record, devido a outros compromissos assumidos pela rede. Apesar de se ventilar um retorno, isso não aconteceu. Até naquele mesmo ano a RBS resolveu transmitir os jogos finais do campeonato, contemplado apenas as equipes de ponta, que chegaram até a final.

Novos rumos

Apesar de tratar do mesmo assunto (TV), o contrato firmado agora tem suas peculiaridades, o que nos faz acreditar que ainda tem muita água para rolar até que tenhamos uma “rotina de transmissão” em nosso salonismo. Isso porque, conforme matéria divulgada aqui no Blog do Sandro, pudemos ver que a PW Produtora, responsável pelas transmissões, vai bancar DO PRÓPRIO BOLSO os primeiros jogos.

Isso significa que, apesar de haverá uma grande vontade de se retornar com as transmissões, a concretização desse objetivo depende ainda da captação de recursos. Obviamente, após as primeiras transmissões, será possível atrair mais investidores, até porque o plano da PW envolve instalação de sete câmeras por jogo, algo que talvez não exista nem nas partidas da LNF.

Outro ponto que certamente agitou os bastidores do futsal foi a exclusão da Liga Gaúcha desse pacote de transmissões, afinal, o contrato é com a FGFS e a Liga está fora da lista de competições da Federação desde que foi assumida pelos clubes participantes. Porém, isso pode mudar, afinal, um dos candidatos a patrocinador máster desse novo investimento na TV quer que os jogos da Liga sejam incluídos. Quem sabe não se inicia aí uma nova conversa para que a elite volte a ser administrada pela FGFS...

Desafio

O canal a receber as transmissões será o da Net. Por não ser um canal aberto, algumas críticas surgiram, mas, como foi ressaltado na matéria já citada, foram feitas propostas para outras emissoras, rechaçadas devido aos altos valores pedidos para que a PW pudesse explorar seus horários para as transmissões. 

Resta aguardar e ver no que vai dar. Investidores, audiência, repercussão... Palavras que têm tudo a ver com esse novo projeto, que precisa de tempo (e dinheiro!) para ser colocado efetivamente em prática em nosso futsal.

Genaro Caetano

Jornalista (MTB 17363/RS), proprietário da empresa Associados Mídia e Comunicação, responsável pela redação da Rádio São Luiz, de São Luiz Gonzaga, e da assessoria do Cerro Largo Futsal/Lojas Becker, de Cerro Largo.

Mais Artigos

    Aguarde, buscando...